::Confraria do Júri::

Se você é promotor ou procurador de Justiça, associe-se à Confraria do Júri. Saiba como: confrariadojuri@uol.com.br - Confraria do Júri

 
 

 

      

Enquete

Você é a favor da ampliação da competência do Tribunal do Júri para outros crimes seguidos de morte?
 
Sim, para qualquer crime doloso seguido de morte.
Sim, com exceção do estupro seguido de morte.
Não. A competência do Tribunal do Júri deve permanecer a mesma.
Não tenho opinião formada.

 
Ver resultados
 
  
  
     Notícias
 
08/08/2019  - CNMP assina pacto nacional pelo combate à violência contra as mulheres
 
CNMP

“Não estamos mais nos reunindo para exigir do parlamento alterações legislativas, mas para definir medidas para dar concretude a políticas públicas que possam garantir dignidade às mulheres”. A declaração é da presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em solenidade que celebra a assinatura do Pacto pela Implementação de Políticas Públicas de Prevenção e Combate à Violência contra as Mulheres, nesta quarta-feira, 7 de agosto. O documento foi assinado por 11 órgãos públicos, na sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), em Brasília-DF.

Dodge destacou que nenhuma instituição será capaz de desincumbir da função de garantir a dignidade das mulheres de forma isolada. “Por isso, é fundamental importância da criação do pacto que reúne instituições como as forças de segurança pública, o MP, a defensoria pública e o Judiciário”, afirmou. A presidente também salientou que os avanços legislativos nas últimas décadas garantiram às mulheres um arcabouço suficiente para garantir direitos de natureza patrimonial, sociais e de integridade, cabendo às instituições a união de esforços para a concretude dos direitos.

Raquel Dodge ainda citou como exemplo de medida eficaz a implementação, por diversas instituições, do Formulário Nacional de Risco e Proteção à Vida (FRIDA). O instrumento visa a prevenir e enfrentar os crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher, ao promover a coleta sistematizada e padronizada de informações.

Por sua vez, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, ressaltou a importância de medidas que garantam a proteção feminina e reforçou a relevância da assinatura do acordo interinstitucional. “Espero que esse pacto seja apenas um marco inicial do trabalho conjunto a ser desenvolvido pelas instituições com esse propósito”, destacou o ministro.

O objetivo do pacto é a conjugação de esforços, mediante atuação coordenada e integrada entre diversos atores do poder público, para a realização, compartilhamento e sincronização de ações voltadas à prevenção e ao combate à violência contra as mulheres. Além do CNMP e do MJSP, assinaram o documento o Ministério das Relações Exteriores, o Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, o Ministério da Cidadania, o Conselho Nacional de Justiça, o Senado Federal, a Câmara dos Deputados, a Defensoria Pública da União, o Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais e o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil.

Entre os objetivos descritos no documento, estão o aperfeiçoamento do marco normativo de proteção às mulheres vítimas de violência; a proposição de medidas preventivas e recompositivas da paz familiar; o desenvolvimento de programas educativos de ressocialização do agressor; e a promoção de políticas de combate ao tráfico de mulheres e de atendimento àquelas que forem vítimas de violência no exterior.

Caberá ao MJSP, por meio da Secretaria Nacional de Justiça, a articulação e a coordenação das ações para a consecução dos objetivos do pacto, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública, respeitadas as atribuições e competências institucionais dos demais pactuantes.

Além da PGR e de Moro, estiveram presentes na solenidade o presidente do Supremo Tribunal Federal e do CNJ, Dias Tofolli; a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves; o ministro da Cidadania, Osmar Terra; e as parlamentares Soraya Santos e Leila Rosinha Seabra.

Voltar


comente/critique essa matéria

 
Telefone

 Confraria do Júri - Rua 6, s/n�, CPA - Cuiab�/MT

  Produzido por Coltri Consultoria e Assessoria Organizacional
  www.coltri.com.br - fone: (65) 8404-0247