::Confraria do Júri::

 
 

 

      

Enquete

Você é a favor da ampliação da competência do Tribunal do Júri para outros crimes seguidos de morte?
 
Sim, para qualquer crime doloso seguido de morte.
Sim, com exceção do estupro seguido de morte.
Não. A competência do Tribunal do Júri deve permanecer a mesma.
Não tenho opinião formada.

 
Ver resultados
 
  
  
     Notícias
 
19/06/2024  - MPMT: Tribunal do Júri condena réu a 17 anos de prisão por feminicídio
 
MPMT

Nesta terça-feira (18), no município de
Rondonópolis, o réu Paulo Mariano foi
condenado a 17 anos de prisão pelo
feminicídio cometido contra a sua esposa
Zildenete Auxiliadora Duarte, em dezembro de
2022. Os jurados reconheceram as
qualificadoras apresentadas pelo Ministério
Público, acolhendo a tese de que o crime foi
cometido por motivo torpe, com a utilização
de recurso que dificultou a defesa da vítima
e em razão de violência doméstica e familiar.

De acordo com a denúncia do MPMT, a vítima
foi atingida com diversos golpes de faca nas
costas e no peito enquanto dormia, no dia 14
de dezembro, por volta da meia-noite. O réu,
conforme apurado durante as investigações,
agiu de forma premeditada e com a intenção de
se vingar da vítima. Ele alegou que antes do
crime, os dois tinham discutido e a vítima o
havia agredido.

Com base na alegação, a defesa do réu tentou
convencer os jurados de que o homicídio teria
sido cometido em razão de injusta provocação
da vítima, mas a tese não foi acolhida. O réu
foi preso em flagrante, mas na sentença de
pronúncia teve a sua liberdade concedida e
atualmente encontra-se foragido.

O julgamento teve atuação em plenário da
promotora de Justiça Substituta, Ana Flavia
de Assis Ribeiro.

Voltar


comente/critique essa matéria

 

 Confraria do Júri - Rua 6, s/nº, CPA - Cuiabá/MT