::Confraria do Júri::

Se você é promotor ou procurador de Justiça, associe-se à Confraria do Júri. Saiba como: confrariadojuri@uol.com.br - Confraria do Júri

 
 

 

      

Enquete

Você é a favor da ampliação da competência do Tribunal do Júri para outros crimes seguidos de morte?
 
Sim, para qualquer crime doloso seguido de morte.
Sim, com exceção do estupro seguido de morte.
Não. A competência do Tribunal do Júri deve permanecer a mesma.
Não tenho opinião formada.

 
Ver resultados
 
  
  
     Dicas de leitura
 
21/10/2013  - Livro aborda julgamentos históricos
 
Oscar Wilde, João Cândido, A Bala de Ouro, Maria Antonieta, Gregório Fortunato, Danton, Casal Rosenberg, Tóquio, Hipólito da Costa, Giordano Bruno, Gilles de Rais...

Obra: Julgamentos históricos - 1ª série
Autores: Sérgio Habib e Celso Bubeneck
Editora: Consulex
Edição: 1ª/2012
Páginas: 330
Preço médio: R$ 60,00
Site: www.consulex.com.br

Antes de se chegar ao que conhecemos hoje como Direito Penal, a história testemunhou uma profusão de formas de fazer Justiça. As acusações, muitas vezes, foram permeadas de preceitos religiosos, morais ou sociais; os processos deram, com enorme frequência, pouca ou nenhuma margem à defesa dos réus e ao contraditório.

Centenas de anos depois da sentença, alguns desses julgamentos continuam a ser relembrados e a fascinar juristas, advogados, magistrados, estudantes de Direito e as pessoas em geral. Seja por sua importância histórica, ao registrar contextos políticos e sociais, seja pelo grau de crueldade ou erros jurídicos.

Nessa obra dos Professores Sérgio Habib e Celso Bubeneck, temos a oportunidade de fazer uma análise dos processos de 21 famosos personagens que terminaram seus dias cumprindo penas amargas ou mesmo sendo condenados a penas capitais. O livro passa por figuras consideradas ícones da humanidade, como a francesa Joana d’Arc, André Chénier, Oscar Wilde, Hipólito da Costa etc. Mais que contar casos isolados e analisar processos famosos, a obra nos permite uma reflexão sobre a evolução do Direito de Defesa, seus avanços e conquistas, que servem de referência tanto para profissionais do Direito quanto para historiadores e interessados na evolução da sociedade humana.

SOBRE OS AUTORES:

SÉRGIO HABIB
Professor de Direito Penal na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, Mestre em Direito e ­Pós-Graduado na Universidade da Sorbonne – Paris. Membro da Academia de Direito Criminal e da Academia de Letras Jurídicas da Bahia. Autor de várias obras jurídicas e Advogado Criminal. Defensor Público Federal junto ao Superior Tribunal de Justiça.

CELSO BUBENECK
Professor universitário dos cursos de História, Economia, Administração e Comunicação. Doutor em História e em Filosofia, Jornalista, Radialista, coautor de A origem do sistema educacional de Brasília, do Projeto de arquivo da memória da educação em Brasília e autor de O Brasil que não se conhece (no prelo). É membro do Conselho Editorial e Diretor de Redação da Editora Consulex.

Voltar


comente/critique essa matéria

 
Telefone

 Confraria do Júri - Rua 6, s/n�, CPA - Cuiab�/MT

  Produzido por Coltri Consultoria e Assessoria Organizacional
  www.coltri.com.br - fone: (65) 8404-0247