::Confraria do Júri::

A Confraria do Júri convida você, membro do Ministério Público, a enviar seus artigos sobre o Tribunal do Júri para confrariadojuri@uol.com.br - Confraria do Júri

 
 

 

      

Enquete

Você é a favor da ampliação da competência do Tribunal do Júri para outros crimes seguidos de morte?
 
Sim, para qualquer crime doloso seguido de morte.
Sim, com exceção do estupro seguido de morte.
Não. A competência do Tribunal do Júri deve permanecer a mesma.
Não tenho opinião formada.

 
Ver resultados
 
  
  
     Notícias
 
28/09/2018  - Membros do MP-MT participam do 6º curso sobre o Tribunal do Júri em Cuiabá
 
Janã Pinheiro - MP-MT

Pautado pela qualificação constante de seus membros o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Procuradoria Criminal Especializada, realiza nesta sexta e sábado (28 e 29) o 6º curso sobre o “Tribunal do Júri”. As aulas estão sendo ministradas por uma das maiores autoridades sobre o assunto: o procurador de Justiça Criminal do Estado de São Paulo, Edilson Mougenot Bonfim, parceiro de longa data do MPMT.

Nestes dois dias de curso serão abordados temas como: Visão Panorâmica do Júri Brasileiro; A Psicologia Judiciária Penal e a Psiquiatria Forense: os protagonistas do processo; Aplicação prática no Júri; A criminologia, a vitimologia e a criminalística aplicadas aos crimes de homicídio; Análise e aplicação em plenário de julgamento; Questões processuais controvertidas e a prática na tribuna: ciência com consciência.

Para Mauro Viveiros, titular da Procuradoria Criminal Especializada, no momento que há um excesso de informações, em razão das novas tecnologias e pelo avanço da ciência, tem-se a sensação de “que temos pouco conhecimento. Este é um grande problema, porque muita informação não significa necessariamente conhecimento. Daí a importância de trazermos um curso como este para ser ministrado aqui”.

Ele ressalta que o papel do promotor do Júri transcende aquela visão de sempre buscar a condenação do réu. “Na realidade todos nós devemos saber que a nossa missão vai muito além disso. Nossa atuação é pela defesa da vida, inclusive como um valor metajurídico sem o qual nada é possível. O Direito não tem existência fora da proteção do bem máximo que é o princípio da dignidade humana”, destacou.

O procurador-geral de Justiça Mauro Curvo agradeceu a presença dos promotores de Justiça que vieram participar do curso e destacou a importância deste tipo de capacitação. “Para que possamos ser efetivos na defesa da vida precisamos estar capacitados e motivados, só capacitação sem motivação não funciona. É preciso ter este binômio: motivação e capacitação, isso adquirimos em cursos como este, ouvindo e aprendendo com pessoas que têm a bagagem que o professor doutor Edilson Mougenot tem para nos passar”.

Para o palestrante Edilson Mougenot “o papel do colega que aqui se encontra é muito mais do que reproduzir feitos do nosso passado ou dos outros que viveram a instituição e o desafio do Tribunal do Júri. O papel de cada um de nós que está aqui é, acima de tudo, ter compromisso com o que se faz”.

Breve currículo de Edilson Mougenot Bonfim

* Membro do Ministério Público de São Paulo desde 08.01.1988.
* Promotor de Justiça Titular do 1o Tribunal do Júri de São Paulo desde 1992.
* Professor de Direito Penal e Processo Penal desde 1989.
* Professor das Escolas de Magistratura e Ministério Público desde 1993.
* Professor do programa de Mestrado da UFAL-Universidade Federal de Alagoas.
* Doutor em Direito Processual Penal pela Universidade Complutense de Madri-Espanha.
* Professor convidado da Faculdade de Direito de Aix-Marseille, França (graduação e mestrado).

Voltar


comente/critique essa matéria

 
Telefone

 Confraria do Júri - Rua 6, s/n�, CPA - Cuiab�/MT

  Produzido por Coltri Consultoria e Assessoria Organizacional
  www.coltri.com.br - fone: (65) 8404-0247