::Confraria do Júri::

Se você é promotor ou procurador de Justiça, associe-se à Confraria do Júri. Saiba como: confrariadojuri@uol.com.br - Confraria do Júri

 
 

 

      

Enquete

Você é a favor da ampliação da competência do Tribunal do Júri para outros crimes seguidos de morte?
 
Sim, para qualquer crime doloso seguido de morte.
Sim, com exceção do estupro seguido de morte.
Não. A competência do Tribunal do Júri deve permanecer a mesma.
Não tenho opinião formada.

 
Ver resultados
 
  
  
     Notícias
 
06/04/2020  - Presidente da CDDF/CNMP destaca importância do atendimento a denúncias de violência doméstica durante isolamento
 
CNMP

O risco de violência contra mulheres é maior em contextos de emergência, como a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Preocupado com isso, o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais do Conselho Nacional do Ministério Público (CDDF/CNMP), conselheiro Valter Shuenquener, defende que é o momento de o Ministério Público brasileiro se mobilizar para levar aos cidadãos a informação de como é possível comunicar ao Estado casos de violência doméstica.

“É fundamental que os promotores de Justiça, especializados ou não em violência doméstica, divulguem os canais de atendimento que podem receber denúncias que tratem de ofensas e agressões a mulheres. Um exemplo é a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH)”, falou o conselheiro.

De acordo com dados do Ligue 180, desde o início da quarentena, recomendada como forma de conter a propagação do novo coronavírus, houve um aumento de quase 9% no número de ligações para o canal que recebe denúncias de violência contra a mulher.

Segundo a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), do MMFDH, a média diária entre os dias 1º e 16 de março foi de 3.045 ligações recebidas e 829 denúncias registradas, contra 3.303 ligações recebidas e 978 denúncias registradas entre 17 e 25 do mês passado.

“Há uma tendência de esses números crescerem exponencialmente devido ao isolamento. Se nós não tivermos como ajudar as vítimas, aumentará o risco de repetição das agressões e, até mesmo, da ocorrência do feminicídio”, falou Shuenquener.

Além do serviço do Ligue 180, a vítima de violência doméstica, ou um terceiro, de casa, pode denunciar ligando para o 190, a fim de acionar emergência policial, caso ouça gritos ou som de briga. Há também o Disque 100, para violações de direitos humanos, e o 192, para urgências médicas.

Questão global

Também preocupada com o tema, a ONU Mulheres elaborou um documento com 14 orientações para minimizar os impactos da pandemia às mulheres. Uma das recomendações trata especificamente do cuidado com as vítimas de violência doméstica.

Segundo a ONU Mulheres, as sobreviventes de agressões podem enfrentar obstáculos para fugir de situações violentas ou para acessar serviços essenciais que salvam vidas, devido a fatores como restrições ao movimento em quarentena. “O impacto econômico da pandemia pode criar barreiras adicionais para deixar um parceiro violento, além de mais risco à exploração sexual com fins comerciais”.

Voltar


comente/critique essa matéria

 
Telefone

 Confraria do Jé ­ Rua 6, s/n�, CPA - Cuiab�/MT

  Produzido por Coltri Consultoria e Assessoria Organizacional
  www.coltri.com.br - fone: (65) 8404-0247
看着平平的胸部,让人说为“飞机场”丰胸产品,这种滋味真不好受。如何让A胸变为D胸呢?其实日常生活中有很多丰胸的食物丰胸达人,那么丰胸的食物有哪些呢?我们一起来看看吧酒酿蛋丰胸产品!为了更精确的爱护好女性的乳房,在此我们为您提供丰胸专家为您一对一免费指导!产后丰胸方法